O Café Verde na perda de peso

O Café Verde é útil para emagrecer?

Como sambemos, os grãos de café contém centenas de componentes em sua composição química, cada um dos quais podem ter efeitos farmacológicos distintos, independentes. Claro, o café é uma das mais importantes fonte de cafeína da natureza, apesar de não ser a única. Entretanto, os efeitos esperados de café sobre o organismo e sobre o possível controle do açúcar no organismo humano foram relacionados a outros componentes químicos existentes do café, como por exemplo o ácido clorogênico, a trigonelina , os quinides e as lignanas, os quais já demostraram incrementar o metabolismo da glicose, pelo menos em recentes estudos feitos com animais.

O excesso de obesidade assim como o aumento do peso corporal, estão interligados ao consumo de alimentos contendo muitas calorias, combinados com a falta ou ausência de atividades físicas e de eventuais aspectos genéticos. Em estudos recentes realizados ficou mostrado que a ingestão constante de quantidades de café geram um menor risco para os efeitos da obesidade. Estas pesquisas confirmaram que o ácido clorogênico, contido no grão de café verde , aumentam o metabolismo da glicose no organismo humano.

Informações Técnicas

Os mesmos componentes presentes no extrato elaborado a partir dos grãos de café verde estão igualmente presentes também nos grãos de café torrados, porém, a grande parte deles é totalmente destruída durante o processo da torra do café. O método mais usual usado para a extração do de café verde presente nos grãos do café, é baseado na utilização do álcool como um solvente.

O grupo de ácidos clorogênicos compõe uma família de esteres criados por determinados ácidos hidrocinâmicos e também do ácido quínico que, juntamente com o ácido cafeico, formam um éster denominado de ácido clorogênico, ou também classificado como sendo um polifenol.

Sabe-se que o ácido clorogênico, extrato que se trata de um composto fenólico contido nos grãos de café, possui efeitos metabólicos muito específicos e que agem de forma muito particular no corpo humano.

O mecanismo de ação estudado no ácido clorogênico foi mostrado num estudo laboratorial quando foi inibindo o sistema da enzima glicose-6-fosfatase. Esta enzima faz por catalisar a formação da glicose no fígado humano e possui um papel determinante no controle do fluxo da glicose injetada no sangue. O ácido clorogênico também atua de forma a inibir nosso sistema de transporte de glicose que é o responsável por transportar a glicose produzida nos intestinos para a circulação sanguínea. Assim imagina-se que o ácido clorogênico existente no grão de café verde, seja o real responsável, no mínimo parcialmente, pela redução dos riscos dos descontroles glicêmicos. Os efeitos hipoglicemiantes deste ácido, igualmente fundamentam os estudos que o ligam à anti-obesidade.

Propriedades específicas

Os efeitos do Extrato de Café Verde no ser humano, também estão relacionados à existência de maior concentração de ácido clorogênico, ou seja, quanto mais elevada a concentração, melhores são seus resultados finais para a obesidade.

A ingestão maior do café, também promove alterações significativas nos índices glicêmicos dos indivíduos com mais idade. Os componentes presentes no Extrato de Café Verde também contribuem para as alterações nos níveis de secreção hormonal e de tolerância à glicose em seres humanos, e este mecanismo se dá ao fato da absorção de glicose na região distal do trato gastrointestinal, ao invés da parte proximal do mesmo.

Há muitas evidências de estudos realizados com animais e também com seres humanos que demostram claramente a utilização do Extrato de Café Verde como um eficaz suplemento alimentar quando se trata de perder peso. Em seres humanos por exemplo, muitos estudos demonstram a correlação inversamente proporcional entre o consumo de café e o ganho de peso, ou seja, quanto mais café ingerido, menor será a taxa de obesidade.

 

Diabetes Mellitus Tipo 2

O café contém uma quantidade substancial de niacina, de magnésio e potássio, além dos  antioxidantes, como por exemplo os tocoferóis. Tais componentes tem conhecidos efeitos benéficos nas prevenções dos diabetes, agindo diretamente na resistência insulínica e no metabolismo da glicose.

Doenças cardio-vasculares

Os efeitos do ácido clorogênico contido no extrato de grãos de café verde, também foram analisados em estudos envolvendo pacientes com disfunções de hipertensão arterial suave. No grupo que ingeriu o extrato de café verde, a pressão arterial diminuiu significativamente no período de ingestão, sem demonstrar nenhum efeito colateral considerável, o que sugeriu que este polifenol possui efeito hipotensor, porém sem acarretar em sem riscos para a saúde. O consumo diário do extrato de café verde resultou na diluição acentuada do colesterol, do LDL-colesterol e do malondialdeído (MDA), além de propiciar importante redução na oxidação do colesterol LDL, o que causa certa proteção contra síndromes de aterosclerose.

Os resultados de recente estudo clínico realizado com 12 voluntários saudáveis, com diferentes marcas de suplementos contendo extrato de café verde em suas fórmulas, demostraram que a presença de maiores concentrações de ácido clorogênico, induziu uma redução de até 7% na absorção da glicose comparando-se com o grupo de controle. Nenhum destes efeitos foram observados, por exemplo com a ingestão do  extrato de café normal ou descafeinado.

O efeito do extrato de café verde enriquecido com ácido clorogênico na absorção da glicose em voluntários saudáveis, demonstraram seu efeito benéfico a longo prazo, quando utilizado por pessoas obesas.

Já num outro estudo comparativo, e duplo-cego, onde foi randomizado em 12 semanas onde investigaram os efeitos do mesmo extrato sobre a massa corporal de trinta pessoas que possuíam excesso de peso, comparando-se com café normal. A média do índice de perda de massa dos dois grupos que consumiram extrato de café verde enriquecido com ácido clorogênico e do normal foi de 5,4Kg e 1,7kg, respectivamente.

Conclui-se portanto que o café verde enriquecido com ácido clorogênico tem efeito significativo para a absorção e utilização da glicose. Este efeito quando o extrato é usado por longo tempo, pode contribuir para a redução da massa e da gordura corporal.

Indicações

O Extrato de Café Verde colabora na manutenção do peso corporal pela redução na liberação de glicose no sangue e diminuição da absorção de glicose no intestino. É indicado no gerenciamento de peso associado à dieta alimentar. Pode ser usado também nas preparações de diversos suplementos alimentares.

Fonte: Pesquisas realizadas em diversos sites na Internet.

 

2 ideias sobre “O Café Verde na perda de peso”

  1. Pingback:A Arma secreta para suplementos a base de café verde – Jogando com a Vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *